golpes na internet

golpes na internet

As pessoas mais afetadas pelos golpes parecem ser as mais jovens, entre 18 e 23 anos; seguem-se os jovens dos 24 aos 27 anos e os dos 28 aos 32 anos.

A Internet é hoje uma ferramenta poderosa que oferece grandes vantagens, incluindo a rápida aquisição e disseminação de conhecimento em qualquer área e a possibilidade de nos manter em contato e comunicação constantes, também é verdade que favorece o risco de incorrer em golpes cada vez mais sofisticados , perigoso e difícil de reconhecer.

Os Codacons:

lançou um decálogo que inclui regras simples, mas importantes, a serem seguidas para reconhecer e se defender contra golpistas, com atenção especial aos golpes que são disseminados por e-mail:

1 Evite compartilhar seu endereço de e-mail postando mensagens em blogs, fóruns e outros sites.
2 Evite usar seu e-mail para se inscrever em sites suspeitos ou pouco conhecidos.
3 Use apenas serviços de correio certificados, como Yahoo Mail e Gmail, para comunicações estritamente pessoais ou em qualquer caso considerado importante.
4 Se quiser enviar um e-mail para vários destinatários, insira os nomes no campo apropriado em texto não criptografado, mas oculto no modo BCC.
5 Não responda a e-mails que o serviço de correio coloque na caixa de spam e nunca clique em pop-ups exibidos ao abrir o e-mail recebido.
6 Instale um antivírus válido e execute verificações antivírus periodicamente.
7 Navegue por sites com uma conexão segura.
8 Não insira seus dados pessoais mediante solicitação se o site aberto não for totalmente confiável.

Reconhecer golpes na internet: os golpes mais difundidos e perigosos

Mas quais são os principais tipos de golpes que podemos encontrar enquanto navegamos na internet?
É útil saber que golpistas que usam a rede como veículo para espalhar fraudes tendem a se aproveitar das fraquezas e necessidades dos usuários da Internet, como a necessidade urgente de encontrar trabalho ou o desejo de uma vida amorosa satisfatória.

É por isso que, entre os golpes online mais difundidos, encontramos, além do phishing, e-mails fraudulentos e mensagens falsas no Whatsapp, também anúncios de emprego falsos e os chamados golpes sentimentais.

Como reconhecer e-mails fraudulentos
A maioria dos golpes na internet é transmitida por e-mails falsos: esse canal permite que golpistas enganem milhões de pessoas com um único e-mail.

Como reconhecer e-mails fraudulentos? Entre as pistas que devem imediatamente nos fazer suspeitar, encontramos em primeiro lugar o remetente estrangeiro (americano, chinês, africano) e o assunto do e-mail: ganhar dinheiro, aviso de bloqueio da conta de correio ou conta bancária, retirada de produtos que eles têm nunca foi comprado

Os riscos do whatsapp

Whatsapp expirou” ou “sua assinatura está prestes a expirar”.
Conforme explica a Polícia Postal, a mensagem exige que o usuário digite seu número de telefone; desta forma, em vez de subscrever ou renovar a subscrição da aplicação, ativa uma subscrição de 20 euros a uma aplicação de papel de parede para telemóvel.
Após receber uma das duas mensagens, é necessário não atender e desligar e reiniciar imediatamente o telemóvel.
WhatsApp Ouro.
Nesse caso, a mensagem falsa diz: “Ei, a versão secreta do WhatsApp finalmente chegou. Essa versão – a Gold – é usada apenas por grandes celebridades. Agora você também pode usar”.
Na verdade, o serviço prometido esconde um malware que, uma vez instalado no telefone, permite que os golpistas controlem o dispositivo.
Nenhuma mensagem de áudio.
Pode acontecer que durante o uso do Whatsapp chegue uma mensagem anunciando a presença de uma nota de áudio na secretária eletrônica: é um malware que permite que golpistas controlem os apps instalados no aparelho e adquiram fotos para depois chantagear o usuário.
“Baixe os novos emoticons”.
Na realidade, a mensagem é apenas um gateway usado por golpistas para instalar vírus no aparelho.

 

Golpes na Internet: anúncios de emprego falsos

Nesse caso, os golpistas utilizam sites reconhecidos como sérios e confiáveis (Subito, Bakeca, Ebay), como o Linkedin, considerados igualmente confiáveis, para publicar e divulgar anúncios contendo ofertas de emprego falsas, com o único objetivo de obter grandes pagamentos.

Após a obtenção da transferência bancária, apresentada às vítimas como necessária para a obtenção do tão desejado emprego, os burlões solicitam também os dados bancários, com a desculpa de terem de obter dados pessoais para concluir o processo de contratação: é assim que as vítimas sofrem um roubo de 'identidade.

Para reconhecer esse tipo de golpe, é preciso ter em mente as características de uma oferta de emprego séria:

O remetente da oferta de emprego normalmente não é um único indivíduo, mas uma empresa, que se apresenta com uma identidade facilmente reconhecível por informações como nome, localização, denominação social, número de contribuinte e endereço de correio eletrónico da empresa.
Um anúncio de emprego sério contém todas as informações sobre o tipo de emprego oferecido; por isso é necessário ter cuidado com mensagens genéricas como as que dizem “se quer ganhar dinheiro contacte-me” ou “escreva-me para obter informações”.
Um anúncio de emprego não falso nunca apresentará um pedido de pagamento do material necessário para iniciar a atividade laboral.

 

O golpe sentimental pela internet

Entre os golpes cada vez mais difundidos, encontramos aqueles que podem ser definidos como “golpes sentimentais”. O canal utilizado neste caso é, na maioria das vezes, o Facebook.

Após assumir a identidade de um senhor charmoso e culto, geralmente de origem estrangeira, o golpista entra em contato com os perfis femininos na rede social.

Depois de um namoro acirrado que pode durar até meses, finge precisar de uma quantia enorme de dinheiro para se livrar de um grave transtorno ocorrido em algum país estrangeiro.

Para dar à história falsa a aparência de verdade, o golpista envia aos infelizes documentos fotocopiados em outros perfis do site e equipara chamadas de vídeo no Skype com um software especial.

Depois de receber a quantia solicitada, ele pedirá mais ou cortará todo o contato com a vítima. Segundo um relatório do FBI, em 2011, o golpe sentimental, atrás do qual se escondem verdadeiras organizações criminosas, levou ao endividamento cerca de 10.000 mulheres, a maioria com idade entre 40 e 60 anos.

É fundamental “estudar” a página de Facebook do pretendente: entre os primeiros sinais de alerta, o baixíssimo número de amizades, a escassez ou total ausência de novidades no domínio dos dados pessoais e a raridade de atualizações na página.

Para perguntas precisas, o personagem sempre responderá de forma vaga e imprecisa e fornecerá números de telefone falsos, geralmente começando com o prefixo +4470.

Facebook:

também oferece mais uma ferramenta para investigar o personagem: clicando com o botão direito do mouse na foto do perfil, é possível buscar a imagem no Google e assim saber se ela foi copiada de outros sites.

No entanto, a identidade do criminoso é bastante reconhecível: os golpistas geralmente se apresentam como viúvos de meia-idade, gerentes de sucesso abatidos pela tristeza de sua vida amorosa e em busca de sua alma gêmea.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Carrinho de compras